Quem sou eu

Eu sou eu, meus eus e os seus.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

Torres da Catedral


 

Torres majestosas da catedral
o que lhes orgulham?
Os sinos a replicarem,
  a cruz do cristífero,
a simbologia oculta.
os ipês amarelos, roxos e tantas outras árvores.
Dividem entre o céu
o seu espaço com prédios da modernidade.
Os santos protetores,
São Nicolau,
São Miguel,
são Luis Gonzaga,
São Francisco Borja,
São Lourenço,
São João Batista,
Santo Ângelo,
 voltados para o Sul
protegendo a cidade e campos verdes
buscando visualizar e socorrer
ás aguas do arroio Itaquarinchim
e do rio Ijuí- Grande.
Sabiá, pardal e joão- de -barro.
Moleque, pé- de - moleque,  
  rezando com a vó Cida na missa
para o José, Pedro, Júnior e tantas Marias,
desempregados e angustiados pela sobrevivência
resgatando a dignidade nesta terra
com o espírito guerreiro dos bravos índios
que outrora aqui moravam.

12 comentários:

Yuri disse...

Show de bola!
Belo texto!


Abraços e bjos Aline e Yuri

Eunisia disse...

Amo vcs!!!

Eunisia disse...

A foto foi tirada e é creditada ao
fotografo Fernando Gomes.

Fábio Zen e Débora disse...

Bravo,muito bom Eunisia.Cuti muito.Sá quem ama essa cidade sabe da magia que essa edificação exerce.Quando estive longe ela me fez muita falta!

Eunisia disse...

Todas edificações principalmente religiosas possuem seus significados ocultos.
Eunísia

Marjorie disse...

Desde o começo contraditória. Nosso símbolo sacrossanto teimou de cara e virou pro sul. Quem disse que anjos, santos e querubins obedecem ordens não celestiais?

Um beijo.

Eduardo Matzembacher Frizzo disse...

Certa vez, há alguns anos atrás, nos meus tempos de adolescência, cruzei numa noite fria em frente à Catedral. Vários mendigos descendentes certamente do índios que aqui foram europeizados, dormiam por cima de caixas de papelão, sendo que as portas da Catedral estavam fechadas. A Catedral, ao meu ver, é a fachada de Santo Ângelo porque tudo por aqui é uma réplica mal feita de uma sinceridade inexistente, de algo que dizemos ser belo, que dizemos ser correto, mas que em realidade esconde a podridão que por baixo dos tapetes de uma sociedade que vive de colunas sociais e aparições em praça pública. E ainda por cima, nós, descendentes daqueles que extermiram uma cultura milenar, como que para promover uma expiação de uma culpa geneticamente entranhada em nosso DNA, veneramos isso, adoramos isso, cantamos sobre isso tão-somente para dizer que temos orgulho de aqui vivermos. Gosto de Santo Ângelo, admiro a Catedral, admiro várias pessoas da cidade. Mas eu sei que nenhum Santo canta a ética do reconhecimento do outro enquanto outro caso esse outro não dobre os joelhos no altar de uma divindade do além-mar. Ainda não somos detentores da capacidade de enxergar os diferentes como iguais. Por isso, os estigmatizamos como minorias e lhes damos nacos de espaço público e privado para que lá perpetuem seus rituais extravagantes para nós e para os turistas que por aqui aportam. Nós somos invasores. E para apaziguar nossa consciência e atrair uns trocados turísticos para a cidade, veneramos nossa bela Catedral. Se alguém me protege, esse alguém é Deus, que só me protege pelo meu trabalho e meu esforço. No mais, máscaras postiças que servem apenas para o lucro e nada mais. Mesmo assim, gostei da sua cadência e do tom das suas palavras. E sim, estou de volta. Beijo. P.S.: dê uma olhada no último texto do INSUFILME.

Eunisia disse...

Eduardo,
vc por aqui, que prazer. E concordo que" as máscaras postiças servem apenas para o lucro e nada mais."
Deus está dentro de nós! E acredito em nossa potencialidade como seres humanos.
Valeu!!!
Eunísia
Obs: já conferi e aprecie o teu blog.

eu acredito disse...

As torres da catedral possuem um significado muito maior, imcompreensível para muitos. São semelhantes às torres do Templo de Salomão, lugar sagrado onde somente grandes mestres entravam. Eles eram guardados por 2 guardiões, Jackin e Boaz. Peçamos a eles a cada vez que entramos em um local sagrado, a permissão para adentrar. Se nosso coração for puro, sairemos abençoados pelas postestades angelicais.
Um bom dia

Waijah disse...

Como participante do filme das MISSOES ,aqui um texto (infelizmente nao traduzido o que pretendo logo que traduzir os mil restantes...)mais hilariante e a verificacao da palavra STOPYG (realmente nao existem so coincidenCIAs e sim sincroniCIDADE!

Que Sachs!! nao aceitou pois tem muito carater e essa caixa so aceita 4.096 caracteres....mando por email e vc faz o que achar necessa-rio-mar.

Waijah disse...

sobre a realidade indigina brasileira
A FUNAI ,e os secretarios e ministros achando que vao continuar a ter FUN ai ai ai as custas dos guerreiros da nova ERA, JAH ERA!
http://www.midiaindependente.org/pt/blue/2010/01/463214.shtml
http://mail.google.com/mail/?hl=pt-BR&tab=wm#inbox/126338cdcf6deb13

Waijah disse...

Indigena...