Quem sou eu

Eu sou eu, meus eus e os seus.

domingo, 6 de fevereiro de 2011

BENDITO ÉS TU




Bendito és tu,andante do Planeta Terra.
Assoviando ao vento preocupações passageiras
intercalando com a música de gaita do Benedito
na rua Bento Gonçalves perto da praça central.

 

Fundamentalmente és tu, filho do Sol.
Encantado com as cores dos ipês amarelos
da avenida Brasil que acaba num funil
escutando ao longe os sinos da Catedral.

 Sente o vento que vem do sul
trazendo arrepios fulgurantes do terror noturno
balançando ao som da ciranda mística infantil.
Bendito és Tu, andante do Planeta Terra.

Misteriosamente somos todos divinos e diabólicos
somos unidos pela raça humana visivelmente obscura
na certeza que todos os Santos
 possuem seus ocultos saberes.

 Suas vestes vestindo o azul celeste 
com o abraço da mãe Natureza
rogando ao espaço cósmico, a felicidade.
Bendito és tu, andante no Planeta Terra.

2 comentários:

José Sérgio Bechler disse...

Somos todos andentes de um mesmo destino, fatalismo concreto da barriga do globo. =)

Hasta!

Eunisia disse...

José Sérgio,
"fatalismo concreto da barriga do globo."Não podemos fugir da nossa realidade.
Atenciosamente,
Eunísia