Quem sou eu

Eu sou eu, meus eus e os seus.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

COMUNICADO


Comunico aos meus amigos, seres humanos que estou em crises existenciais. Mas, quais serão os motivos dessas crises existenciais? Podem ser emocional, econômica, espiritual ou quem sabem de ordem física: transformação do corpo humano transmutando para a melhor idade. Considero crises existenciais momentos de conflito e insatisfação para com nossos pensamentos, pois são eles que determinam nossos sentimentos e comportamentos.

Só sei que não consigo mais rezar. Como você imagina DEUS ? O MEU DEUS, não é um senhor de idade avançada e tão pouco barbudo e velho, mas sim, os físicos quânticos podem explicar melhor... são moléculas, átomos...que integram o macrocosmo e o nosso microcosmo universal.

E na ordem da crise existencial econômica, quanto mais trabalho a grana escapa pelos meus dedos, suponho que tenha que realizar um curso relacionado com a matemática financeira. Pode ser, mas apenas administro o meu salário como professora. Agora tenho que começar a admitir uma crise existencial física e é contra a gravidade, tudo está indo para a terra voltando- se para o pó.

E os meus sonhos não morreram por incrível que pareça, continuo sonhando como adolescente em idade florescente. Rimou,que ridículo!

Até em minhas ações fico pensando nas possibilidades matemáticas dos micos, erros considerados grosseiros que irei cometer no decorrer do cotidiano. Sinto- me que estou sendo vigiada por seres ocultos que dizem: faça isso e não faça aquilo. Nesse momento, junto com as alterações hormonais e a percepção dos primeiros sinais de envelhecimento, revendo e avaliando as minhas realizações.

Não quero bancar o avestruz e fingir que as crises existenciais não existem. O tempo dos ensaios acabou.

Há urgência! Vou pôr em marcha realizações que vinham sendo postergadas. Tenho a fome de viver e a sensação de que a vida não merece ser adiada e de que ainda há muito o que fazer e continuar crer em DEUS.

Onde anda a tão sonhada liberdade se possuo o livre arbítrio?

Hoje á apenas quarta- feira, 21 de abril de 2010 e estou em Campina das Missões, na rota do Rio Uruguai e o que você tem com isso? Tudo, pois sem você não estaria aqui transmutando meus sentimentos mais puros e ingênuos.



12 comentários:

eu acredito disse...

Acredito na vida, acredito em Deus sim. Esse meu Deus não é homem nem mulher, mas uma mistura de feminino e masculino, yin e yang, branco e preto, céu e inferno....este podemos escolher viver ou morrer. Viver na tristeza, melancolia, amargura, desesperança é estar mergulhado no centro desse, e cedo ou tarde se morre nele.Aquele, Oh, é lindo, cheio de alegrias, misericórdioso, amor puro, compaixão. Nesse sim EU quero, vivo e vou morrer, embora ocorram dias que me fazem querer viver no inferno, mas sento, medito e mergulho na Minha Igreja - meu Coração, pq sei que lá existe sim o Pai Interno e a Mãe Divina que olham por mim e me tiram das mais profundas grutas do inferno humano. Entretanto, para isso é preciso ter fé. Vc tem? Eu sim.
Alleluia a Mãe e ao Pai.

Vera disse...

Para melhor enfrentar uma crise existencial nada melhor do que buscar explicação lógica e sensata para os motivos que determinam essa crise. A receita contida em "O Livro dos Espíritos" nos dá uma explicação muito coerente sobre onde estávamos antes de chegar ao planeta, o que andamos fazendo por aqui, para onde um dia voltaremos. As leis naturais e da evolução, de causa e efeito e da reencarnação nos trazem as respostas corretas para todas as nossas indagações. É a sugestão que deixamos para a comadre e confreira. Abração dos compadres Vera e Oscar

Marjorie disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marjorie disse...

Minha amiga, se explodir uma bomba em Bangladesh, de alguma forma estaremos envolvidos.

As crises- especialmente as existenciais - servem pra nos acordar de vez em quando.

Urgente é tudo o que não queremos deixar para amanhã.

Tri bom te encontrar, viu!?

beijinho

Vanessa disse...

eeeeeeeeee comentei! Ta bom agora???
Bem, só pra dar um equilíbrio e discordar do resto todo acima: sou ateu e vivo em uma paz imensa. Pra que perguntar onde nunca te respondem? E crise é bom, criatividade em alta! Bjao do Bardo!

eunisia disse...

Eu acredito,
entre o céu e o inferno prefiro VIVER ou sobreviver neste mundo de MEU DEUS!
Bjs,
Eunísia

eunisia disse...

Eu acredito,
entre o céu e o inferno prefiro VIVER ou sobreviver neste mundo de MEU DEUS!
Bjs,
Eunísia

eunisia disse...

Oscar e Vera,
concordo que as leis naturais e da evolução, de causa e efeito e da reencarnação nos trazem as respostas corretas para todas as nossas indagações.
O Livros dos Espíritos será novamente estudado.
Bjs,
Eunísia

eunisia disse...

Marjorie,
Sempre soube que a bomba atômica presente dentro do meu microcosmo eclode em uma criarividade ilimitada.
Como é gostoso caminhar pelas ruas de nossa cidade e encontrar pessoas como você, irmã cibernética!
Bjs,
Eunísia

eunisia disse...

Bardo e Fada,
cada ser humano é livre em seu pensar.
Muita luz!
Bjs,
Eunísia

Cláudio Fernando Dognani disse...

Acredito em Deus, mas as vezes acho injusto certos acontecimentos, mas ele sabe oque faz, tenho fé, mas deveria ter mais, falo com anjos, com um especialmente...ando em crises existenciais, mas isso faz parte da vida, to numa fase nada fácil, minha sorte é ter uma pessoa especial do meu lado, que me da forças, começei a ler o evangélio segundo o espiritismo de Allan Kardec, recomendo a leitura, muito bom, ta me ajudando a compreender certos acontecimentos...

Ricardo Valente disse...

Muito massa o escrito.
Bom humor, embora as crises.
Essencial!
Abraço